sexta-feira, 19 de setembro de 2014

Ode Triunfal de Fernando Pessoa: sobre os despossuídos

[...] Maravilhosa gente humana que vive como os cães,  Que está abaixo de todos os sistemas morais,  Para quem nenhuma religião foi feita,  Nenhuma arte criada,  Nenhuma política destinada para eles!  Como eu vos amo a todos, porque sois assim,  Nem imorais de tão baixos que sois, nem bons nem maus,  Inatingíveis por todos os progressos,  Fauna maravilhosa do fundo do mar da vida! 

[...]Ah não ser eu toda a gente e toda a parte!

Postar um comentário