segunda-feira, 30 de junho de 2014

Restaurante de La China Poblana

Um hotel com restaurante excelente em Puebla. A imagem é da China Poblana que seria a mulher daquela comunidade. Aqui no sul entre os nativistas a palavra china tem um aspecto carinhoso, parte de uma herança castelhana com certeza. Já no falar coloquial a palavra china tem um aspecto pejorativo...
A roupagem da estátua na imagem a seguir em muito lembra as prendas (gaúchas paramentadas com roupas tradicionais).

Sobre a comida servida é impecável, tem até carreteiro de vegetais! Um sonho para vegetarianos/gaúchos!!!
O hotel é belíssimo, no entanto as diárias são bastante caras. Mas o restaurante vale a pena conhecer.

sexta-feira, 27 de junho de 2014

Você deveria escrever uma carta para alguém

Eu descobri que para se conhecer melhor, além da meditação, a conversa íntima sobre si mesmo com outra pessoa revela muito da gente que, simplesmente, desconhecemos!
Fico pensando sobre a empolgação que namorados têm no início da relação, só há uma explicação: são dois mundos se conhecendo pela primeira vez e isso é extasiante.
Só que a gente esquece que é impossível conhecer alguém completamente. E isso que faz algumas relações esfriarem, você acha que aquela pessoa já mostrou tudo e perdeu a 'graça'. Quando na verdade você nunca fará ideia completa de quem o outro é, pois não sabe nem de você mesmo. Cada pessoa é um universo inteiro.
Sugiro que você experimente uma, duas, três vezes, escrever para alguém, que você nunca encontrou, talvez de uma cultura diferente, que tenha uma vida totalmente diversa da sua e que ao mesmo tempo seja capaz de fazer essa troca.
Experimente a alegria de descobrir alguém pela primeira vez.
Ou experimente redescobrir quem você ama. Qual sua cor favorita? Seu prato preferido? Sua música? Um desejo? Um plano? Sua história mais doida? 
Redescubra ou (re)conheça alguém e você aprenderá mais sobre si mesmo! Eu prometo que funciona.


terça-feira, 24 de junho de 2014

Relação é de duas pessoas

Uma provocação para a noite: é preciso entender que em uma relação há duas pessoas, mas que o amor é um só. Há que se doar e compartilhar.
Quando realmente se ama há que saber que os sentimentos e os detalhes são importantes.
Sei que é difícil pois há pessoas que nos machucam, mas cada um precisa de outro para amar pela vida inteira...

segunda-feira, 23 de junho de 2014

Companheirismo e Corozal Free Zone, fronteira entre México e Belize ou Nunca perambule sem o seu visto de entrada no país!

Este um fato que aconteceu quando estávamos visitando a zona livre entre Belize e México, no finalzinho da cidade de Chetumal.  Gente lojas indianas! Muita coisa legal, mas algum produto de qualidade duvidosa. Preços ótimos... 
https://www.facebook.com/TajMahalEmporioDeLaIndia

Só que no retorno pegamos um táxi que nos deixou no posto de imigração do México, que tensão o oficial da imigração pedindo passaporte e visto e eu tinha deixado o meu no hotel. Estava somente com o carimbo no passaporte com a entrada. No fim das contas não sabia se eles queriam suborno (eu estava regular, mas sem o tal do papel verde!!!) ou realmente é uma prática: o oficial de La Migra disse que eu teria de passar a noite ali . Então o conselho: faça cópias de toda sua documentação e ande com todos os vistos consigo.
 Foi tenso! No fim eu convidei  o oficial para ir ao hotel onde estávamos, pois lá estava meu visto (maldito formulário verde) e ele abriu mão, liberando a gente. 
De qualquer forma, tendo a documentação em seu bolso (!), ainda é um passeio que vale fazer!

sábado, 21 de junho de 2014

Coleção de carrinhos no México

Esta postagem é mesmo para compartilhar as imagens da coleção de carrinhos, enorme, vários modelos. 
Para todos os gostos. Fica no anexo do Museu pirata em Bacalar.









Os verdadeiros Piratas do Caribe (2): museu da pirataria em Bacalar, Quintana Roo, México

Quero compartilhar mais imagens de peças do museu. Explicação para o museu são os ataques piratas sofridos pela cidade, hoje denominada cidade mágica pelo Ministério de Turismo mexicano.
Miniaturas dos navios piratas, Fonte: arquivo pessoal, 2012
Miniaturas dos navios piratas, Fonte: arquivo pessoal, 2012
Imagina que vida maravilhosa de aventuras, com o mar como parceria constante e o horizonte como objetivo! Na imagem abaixo o símbolo pirata incrustado na espada.
Espada pirata, Fonte: arquivo pessoal, 2012

Seriam chamados de vândalos e o foram, sem dúvida, de uma perspectiva reacionária. Do ponto de vista humano viveram intensamente.

Simplicidade de vida e artesanato em Mahahual, Quintana Roo, México

Em Mahahual o artesanato é parte da vida das pessoas. Todas as peças são lindas. O interessante é que os meninos  pequenos vendem também e dá pena de não comprar deles. 
A simplicidade da vida próxima ao mar, dos filhos de pescadores e produtores de artesanato, além da beleza natural da cidade dão vontade de simplesmente deixar-se estar lá...


Artesanato em Mahahual
Fonte: arquivo pessoal, abril de 2012
Os hotéis têm muito de móveis artesanais e a cidade promove exposições dos artistas locais.
Fonte: http://www.quintanarooaldia.com/noticia/para-el-2012-centro-tematico-artesanal-de-mahahual/12180