domingo, 17 de setembro de 2017

Parov Stelar - Booty Swing

sábado, 16 de setembro de 2017

A escrita em minha vida

Como primeira experiência de escrita eu tenho lembrança de ter escrito, aos sete anos, um ‘livrinho’ denominado  “a liberdade e a esperança”  com ilustrações próprias. Minha tia (hoje falecida, também professora de português e uma inspiração em minha vida) escrevera o prefácio. Senti-me tão profissional e cheia de possibilidades quando o livro era exibido pelos adultos aos visitantes para mostrar o meu suposto talento.
Minha experiência com a escrita foi mais profusa no ensino médio, quando eu relia/reescrevia obras canônicas em tom de humor a fim de realizar apresentações para a disciplina de literatura. Naquela época, eu escrevi uma peça sobre o “Negrinho do Pastoreio”, lenda regionalista gaúcha, com uma apresentação para a turma, depois para o turno da noite e mesmo fora da escola. Eu escrevi também a peça ‘Julieu e Rometa’ em que há o tom cômico e que foi bem recebida pelo nosso público.

Fiz em parceria com uma colega uma releitura cômica de ‘o pequeno príncipe’, entre outras peças menores. A professora de literatura do ensino médio, Teresinha, foi super importante e a grande responsável por nós desenvolvermos o gosto pelo teatro, pela escrita.

A leitura e a escrita em minha vida

Não lembro bem como, se fui estimulada ou não, mas o fato é que eu comecei a ler aos quatro anos de idade. Isso era muito peculiar na época...
A verdade é que desde então jamais parei de ler.  No jardim de infância (já aos cinco anos) a professora pedia que eu lesse histórias para os colegas. Naquela turminha havia outra aluna que também sabia ler, daí a tarefa era revezada entre nós duas: eu e a Luciana (hoje em dia somos amigas, nos reencontramos nas redes sociais). Aqui um parêntesis: eu lembro que a professora saía para tomar chá enquanto nos deixava lendo. Era praticamente um treino para as aulas que eu viria a lecionar no futuro.
Em um natal, talvez o de meus seis anos, eu pedira ao ‘papai noel’ que eu queria de presente apenas um livro, de tão importante que era para mim a leitura. Abrir o presente e ver aquelas capas coloridas e brilhantes, desvendar as histórias, ler e reler durante minhas férias. Que natal maravilhoso! Dessa forma travei conhecimento das autoras Ruth Rocha e Ana Maria Machado.
Aos dez anos, eu já havia lido Machado de Assis (Memórias Póstumas de Brás Cubas) e outras obras diversas, Érico Veríssimo, inclusive livro de medicina legal e outros da biblioteca de Direito da minha mãe.  Memórias Póstumas de Brás Cubas é um livro que definitivamente chamou tanto minha atenção, era tão engraçado, tem algo que faz com que todo ano eu tenha de relê-lo. Outro livro importante e de releitura pessoal obrigatória é “O Pequeno Príncipe”.
Em dado momento, empreendi o processo de leitura da bíblia desde gênesis. A princípio era um projeto de início, meio e fim. Porém, ao chegar à genealogia de Jesus ficou extremamente cansativo para mim e eu deixei de lado o meu empreendimento infantil.

Claro que na fase adulta meus interesses mudaram um pouco e ficaram concentrados em autores como Chomsky e Nietzsche.

sexta-feira, 15 de setembro de 2017

Revisão de textos: desvios comuns encontrados nos textos acadêmicos

Preliminarmente eu diria que a noção de erro é contestada pela sociolinguística capitaneada por Marcos Bagno, sendo usada a expressão desvio da norma. Que na escrita, especial na escrita de teses a norma culta é regra e por isso os desvios devem ser evitados. Que o segredo da boa escrita é a quantidade de leitura. Que para conhecer e identificar o que é um desvio da norma é preciso conhecimento de disciplinas ministradas nos cursos de Letras.

Dito isso, os desvios:

A quebra da regra de acentuação da proparoxítona é um desvio bastante comum.

A inobservância à concordância nominal e verbal é recorrente.

O uso inadequado dos demonstrativos também ocorre bastante.

Entre o pessoal do nível de especialização (pós, mestrado e doutorado) “rola” uma hipercorreção, que é quando quem escreve corrige duplamente, digamos assim, incorrendo em erro (ao aplicar uma correção sobre a correção que se imagina ser a correta, acaba errando). Na hipercorreção é possível identificar que o estudante teve acesso à norma culta, mas não a incorporou completamente. Algumas vezes indica [a hipercorreção] a mudança de estrato social, em que pessoas de classe mais humilde em sua naturalidade não utilizariam a norma culta no cotidiano, gerando momentos de hipercorreção na fala e na escrita. A hipercorreção é estudada em sociolinguística [disciplina do curso de letras].

Uso indiscriminado do corretor do Word (processador de texto da Microsoft). [[O corretor ortográfico do word não é um professor de português, não lê e compreende o que está sendo dito para oferecer a correção acertada. Funciona por padrões de oração.]] É um bom recurso, mas deve ser usado com critério.

sábado, 9 de setembro de 2017

Plano de aula: como elaborar o projeto

Eu gostaria de contribuir com o conhecimento que adquiri na faculdade e fora dela, elaborando Planos de Aula para meus alunos, com um exemplo abaixo e dicas para escrever o seu Plano.
Nós, professores, devemos conhecer o projeto pedagógico da escola para preparar o Plano de Aula. Assim, o projeto de Língua Portuguesa está atrelado ao ensino de linguagens, códigos e suas tecnologias.
Tendo o conteúdo que você irá trabalhar, no caso do exemplo abaixo, literatura, podemos criar o Plano de Aula.

PLANO DE AULA

(modelo)

Data: 
Objetivos: (os alunos deverão ser capazes de) 
Ler e interpretar adequadamente o texto;
Identificar o texto como dissertativo;
Produzir texto dissertativo.
Conteúdos:
     Texto "indique o texto a ser utilizado", publicado...(referencie o texto)
    Conceito de texto dissertativo e produção textual.
Procedimentos
Técnicas: Aula expositivo-dialogada, atividade no grande grupo, leitura oral, por alunos voluntários, do texto proposto; resposta ao questionário anexado; construção do conceito no grande grupo; solicitação de produção textual.
Recursos: Texto fotocopiado, questionário fotocopiado, quadro para explicações adicionais.
Avaliação: Será considerado satisfatório se os alunos participarem de todos os momentos da aula, respondendo o questionário e produzindo o texto.
Instrumento: Observação da professora quanto à participação dos alunos, questionário respondido e texto produzido.
===============


Aqui o segredo é selecionar um texto que chame a atenção dos alunos e preparar um questionário  que traga para os alunos a possibilidade de construir o conceito de teor dissertativo.
Após isso, ficará bem mais fácil trabalhar a produção textual.

Como encontrar palavras-chave no texto

Como encontrar palavras-chave no texto

Primeiro você precisa encontrar no texto o tema (conteúdo/assunto), com isso as palavras-chave irão surgindo naturalmente. Por exemplo se é um texto sobre educação abordando o processo de ensino-aprendizagem. Eis o tema: ensino-aprendizagem. Com isso temos o macrocosmo [ensino/aprendizagem], todas os vocábulos inseridos, devido ao sentido, nesse macrocosmo podem ser tomados como palavras-chave.
A atenção é para que a palavra escolhida seja macrocosmo de outras. Por exemplo, no suposto texto sobre educação alguns conceitos importantes, como cognição, desenvolvimento da linguagem, letramento, destacam-se, podes apostar que encontraste as palavras.
Agora se no texto não há desenvolvimento de conceito de cognição, por exemplo, para o texto não será uma palavra-chave.
Pensa como um guarda-chuva, dentro do "guarda-chuva culinária" podes encontrar no texto conceitos de alimentação saudável, preparo correto de alimentos, segurança alimentar, receitas de sopas.
Comece com exercícios simples, tirinhas e avance para textos técnicos. Comente aqui como está sua evolução! 
Para entender como palavra-chave é importante, existe um algoritmo usado pela empresa google, quando digitamos uma palavra o algoritmo busca todas as palavras (que não escrevemos) relacionadas com a pesquisada, por sinonímia ou relações de sentido feita por quem busca a resposta ou quem criou os sites.
No entanto, não existe um extrator de palavras-chave para texto que substitua o raciocínio humano. Assim, localizar o tema do texto, a palavra-chave mãe, que muitas não é cópia do título, demonstra o seu raciocínio e poder de intelecção.

domingo, 3 de setembro de 2017

Onde está o paraíso?

Tudo bem ? Hoje lembrei de uma mensagem que li faz muito tempo, mas que sempre volta... Onde está o paraíso?


"Se, no teu centro um Paraíso não puderes encontrar,não existe chance alguma de, algum dia, nele entrar"
Angelus Silésius




sexta-feira, 25 de agosto de 2017

Fatos de psicologia

  • Qualquer amizade que nasceu no período entre 16 e 28 anos de idade é mais provável de ser robusta e duradoura.
  • As mulheres geralmente preferem homens com vozes roucas profundas porque parecem mais confiantes e não agressivas.
  • As pessoas que dão o melhor conselho são geralmente as que têm mais problemas. :(
  • Quanto mais inteligente é a pessoa, mais rápido  pensa, e mais descuidada é a caligrafia.
  • Nossas emoções não afetam a forma como nos comunicamos. De fato, o oposto é verdadeiro: a maneira como nos comunicamos tem influência no nosso humor.
  • A maneira como uma pessoa trata sua equipe revela muito sobre seu caráter.
  • As pessoas que têm um forte sentimento de culpa são melhores para entender os pensamentos e sentimentos de outras pessoas.
  • Os homens não são mais engraçados do que as mulheres: eles apenas fazem mais piadas, não se importando se outras pessoas gostem do humor ou não.
  • As pessoas tímidas falam pouco sobre si mesmas, mas fazem isso de uma maneira que faz com que outras pessoas sintam que elas as conhecem muito bem.
  • As mulheres têm duas vezes mais receptores de dor em seus corpos do que os homens, mas têm uma tolerância à dor muito maior.
  • Ouvir música de alta frequência faz você se sentir calmo, relaxado e feliz.
  • Se você não consegue parar seu fluxo de pensamentos durante a noite, levante-se e anote-os. Isso irá deixarsua mente à vontade para que você possa dormir.
  • Bom dia e  boa noite em mensagens de texto ativam a parte do cérebro responsável pela felicidade.
  • Fazer coisas que o assusta irá torná-lo mais feliz.
  • A quantidade média de tempo que uma mulher pode manter  segredo é de 47 horas e 15 minutos. [sério????]
  • As pessoas que tentam manter todos felizes geralmente acabam se sentindo mais solitárias.
  • Quanto mais felizes estamos, menos sono precisamos.
  • Quando você segura a mão de um ente querido, você sente menos dor intensamente e se preocupa menos.
  • Pessoas inteligentes tendem a ter menos amigos do que a pessoa média. Quanto mais inteligente é a pessoa, mais seletiva se torna.
  • Casar com seu melhor amigo elimina o risco de divórcio em mais de 70%, e esse casamento é mais provável que dure toda a vida.
  • As mulheres que têm principalmente amigos do sexo masculino ficam de bom humor com mais frequência.
  • Pessoas que falam duas línguas podem mudar inconscientemente suas personalidades quando mudam de um idioma para outro.
  • Estar sozinho por um longo período de tempo é ruim para sua saúde como fumar 15 cigarros por dia. 
  • A viagem aumenta a saúde do cérebro e também diminui o risco de ataque cardíaco e depressão da pessoa. :) 
  • As pessoas parecem mais atraentes quando falam sobre as coisas que realmente estão interessadas.
  • Quando duas pessoas falam umas às outras e uma delas gira ligeiramente os pés ou move repetidamente um pé na direção externa, é um forte sinal de desacordo e eles querem sair.

Bright Side compilaram a lista dos fatos de psicologia mais surpreendentes e eu fiz uma tradução livre (fonte original: https://brightside.me/inspiration-psychology/25-surprising-psychology-facts-that-will-help-you-better-understand-yourself-and-others-163255/).Baseado em materiais de 8FACT

sábado, 15 de julho de 2017

Professora de Português: Diagnóstico de Redação Grátis

Professora de Português: Diagnóstico de Redação Grátis: Oferecemos correção da sua redação com orientação de melhoria gratuitamente! Extremamente útil para quem está se preparando para o ENEM, ...

domingo, 2 de julho de 2017

Thelma Houston Don't Leave Me This Way

Quer saber o que aconteceu no ano que você nasceu?

Eu estava pesquisando algumas músicas de 1987 e acabei achando o site (está em inglês, mas nada que um tradutor online não resolva) e quero dividir com vocês. O link está abaixo, aqui um trecho do que veio como informação:
"The Nobel prize for Literature that year went to Joseph Brodsky. The Nobel Peace prize went to Óscar Arias Sánchez. The Nobel prize for physics went to Johannes Georg Bednorz and Karl Alexander Müller from West Germany for their important break-through in the discovery of superconductivity in ceramic materials. The sensation this created was big. But it didn't stop the planets from spinning, on and on, year by year. Years in which you would grow bigger, older, smarter, and, if you were lucky, sometimes wiser. Years in which you also lost some things. Possessions got misplaced. Memories faded. Friends parted ways. The best friends, you tried to hold on. This is what counts in life, isn't it?"
Saiba o que aconteceu no ano em que você nasceu!
Link:http://whathappenedinmybirthyear.com/

domingo, 4 de junho de 2017

Melhores e Piores Episódios de Black Mirror: uma crítica à lista no Brasil El País


Estava pensando em como o episódio San Junipero chamou minha atenção por causa das músicas, ambiente e roupas. (Tanto que resolvi fazer minha cronologia de hits anuais, vê se pode). A história de amor é linda. Toca em assunto que ninguém quer pensar: a doença, a morte e o após morte. O que é para quem fica? 
Fala das possibilidades tecnológicas que surgirão. Adorei!!! Ao contrário da lista publicada no Brasil El País, meu top one de Black Mirror seria com certeza San Junipero. Brinde ao amor, ao contemplar a finitude humana e perceber o que realmente importa. Merece o primeiro lugar.
Fonte: http://www.uziporai.com.br/wp-content/uploads/2016/11/black-mirror-san-junipero.jpg

Na mesma lista do Brasil El País está em segundo lugar The National Anthem: o episódio em que o primeiro ministro deverá ‘cruzar’ com um porco. Como assim em segundo lugar? Não é só pelo chocante da humilhação por um lado, mas o chocante de violação de um ser que não pode se defender (também presente no sombrio Shut Up and Dance). Para estar em segundo lugar só pode ser pela degeneração da humanidade mesmo. A que ponto chegamos? [Dá zero para eles!]
Em minha opinião, o segundo lugar deveria ser dado para Nosedive. Um episódio que apresenta de forma sublime a falsidade das relações diárias, das redes sociais e sua inutilidade em grande parte, com a brilhante quebra desse padrão. Vale a pena e merece o top 2 da minha lista.
Todos os episódios trazem crítica social, assim é em Men against Fire que é um relato fiel do que é a guerra da polícia contra a população menos privilegiada; e em zonas de guerra mesmo. Também o Hated in The Nation apresenta crítica sobre os ódios nas relações travadas nas redes sociais. A pessoa confortável pela distância e muitas vezes pelo 'anonimato' calunia ou difama outra/s pessoas gerando um ciclo de ódio auto alimentado pela raiva humana. Rastilho de pólvora que não precisa de muita ignição e o oxigênio é a própria rede social que permite esses discursos de ódio. São relatos lúcidos de uma sociedade doente. (Marta Claudino)
Fonte: https://i1.wp.com/www.tor.com/wp-content/uploads/2016/10/black-mirror-nosedive-wedding.jpg?resize=740%2C336&type=vertical



quarta-feira, 1 de março de 2017

A Lei não é igual para todos: privilegiados

Esse pensamento sobre desigualdade tem feito parte de toda a minha existência e paulatinamente os privilegiados fazem questão de pisar nos desfavorecidos.
No restante das pessoas, em nós, o povo.
Mandaram um assassino sentenciado para casa essa semana em liberdade condicional; enquanto que manifestante contra o governo segue encarcerado sem julgamento.
São tantos exemplos, de toda a ordem, que começo a pensar que o problema é o judiciário mesmo.
A exemplo da canção do Gabriel, o pensador, "a voz do povo é a voz de Deus, quem disse isso não fui eu, mas eu acho que quem escreveu essa frase é ateu. Porque esse povo 'tá sem voz, o povo 'tá calado. Tá parado esperando Deus, batendo palma para o diabo". 

sábado, 14 de janeiro de 2017

Garnet e o amor: um desenho com lição profunda

Para quem gosta de desenho/cartum, há um trecho no 'Steven Universo' que traz uma lição, vou transcrever aqui, mas quem quiser tem vídeos no youtube com a música:
                      "eu sou Garnet reunida e eu nunca vou cair nas mãos de tipos como você
pois sou melhor não duvida
e tudo em mim tá me dizendo "vai para cima"...
as suas regras não iremos seguir
sem nenhum desses artifícios pode vir, vamos lá só eu e você: uma contra duas vem ver.
Vai em frente que teu soco é improvável,
não tá vendo que meu lance é estável,
o seu ódio é porque eu sei ficar na minha.
Tá zangada porque tá sozinha...
O que fizemos juntas você não dirá, nós vamos ficar assim toda a vida... se você nos separar voltaremos novas e seremos duas vezes você na hora.
Sou feita de amor...
Isso somos nós, isso é quem eu sou e se pensa que pode me deter se enganou, sou um sentimento e não vou acabar ... eu to sabendo que você não me respeita por achar que já viu do que sou feita... sou muito mais... sou sua fúria, sou paciência, eu sou uma conversa... sou feita de amor e é mais forte que você"

RIP DIHITT

Não funciona há mais de ano, mas eu queria registrar. Foi um agregador importante na minha caminhada de blogueira. Fiz amigos, aprendi muito, sem dúvida deixou saudades. Gostaria que voltasse ou que alguém disposto reunisse o povo de lá, excelentes blogueiros.
Para quem ainda precisa de agregador o site Link http://link.blog.br/ é muito bom para fazer esse caminho de retorno para o seu blogue ou site.
é isso! bjks :D