sábado, 22 de novembro de 2014

Escritos avulsos: influência de Fernando Pessoa

2004 = É a deusa do trono perdido, Hécate, foi ela quem decidiu que apenas alguns podem chegar, temporariamente é claro, no topo. Depois aquele um é reabsorvido pelo caos. Coisa de gênio. Essa arquitetura magnânima do ser que não passa de NADA. É REGRA universal e de todos os universos imagináveis e por imaginar. O natural encontro com o barqueiro que leva a alma para o outro lado... um espaço da matéria e o outro  da alma. O primeiro para cima (na visão dantesca) e a alma para o inferno, naturalmente. DESASSOSSEGO. A paz é tão etérea quanto a felicidade.  O QUE TU QUERES DA VIDA?

Postar um comentário