quinta-feira, 9 de outubro de 2014

Arte que imita A vida que imita A arte que imita a vida... Dicas de filmes

Quero mostrar meu top 5 de filmes e indicar os primeiros (ou todos), pois são profundos e lindos.


In July: O outro lado das férias. Um filme leve, engraçado e romântico (alemão e turco), fala sobre a busca do amor verdadeiro, sobre encontro e desencontro. Lá está a frase mais linda que já ouvi sobre encontro ou alma gêmea se você preferir. :D 

"Minha querida, eu tenho viajado milhares de quilômetros, eu cruzei rios e movi montanhas. Eu sofri e  enfrentei agonias. Eu resisti à tentação, e eu segui o sol, para que eu pudesse estar diante de você e dizer que eu te amo".

Mais um filme alemão: Caráter;  denso, psicológico, começa pelo crime e retrocede, contando a história de vida e formação do suspeito. Faz pensar. 






The Boondock Saints (1999). Aventura com conteúdo. Dois irmãos irlandeses que, por acaso, viram justiceiros. Traz uma discussão sobre sociedade e valores, mas para quem é de diversão e aventura tá valendo também. O que é o Dafoe travestido? Uma gracinha! E o ápice no julgamento, mas não vou contar... rsrsrsrs

Na natureza selvagem (2007): história real de um mergulho no território abissal da existência. Drama porque é verdadeiro, profundo porque é descoberta. Outro filme para pensar e repensar a existência. O oposto do vazio que vivemos.


Vale uma animação para rir bastante: Vida de Inseto (1998). Detalhe: crítica social nas entrelinhas. O poder da união do povo contra o opressor, a lição contida é praticamente uma aula de sociologia, com direito à risada e diversão.


São cinco, mas poderiam ser 10... Indico ainda Sete anos no Tibet!!! 100% cultura budista jainista e Brad Pitt para você que não é amante do budismo, nem veg-algumaCoisa não se aborrecer... Brincadeira! O filme é excelente.
Se você assistiu algum desses filmes não deixe, por favor, de escrever e dar sua opinião. Ficarei feliz em conversar a respeito.  

(Arte e vida infinitamente como as subordinadas adjetivas restritivas).


Postar um comentário