terça-feira, 12 de agosto de 2014

Amor da boca e amor do coração: coisas que aprendi

Eu aprendi sobre amor que as lições vão se acumulando, todo dia aprendemos algo novo e ficamos melhores (se quisermos). A culpa por erros no passado nos fazem entender melhor e aprender a lição. A culpa assim é boa, pois nos faz discernir para poder fazer o que é o certo. 
Dizer eu te amo é fácil quando as palavras saem da boca. Dizer eu te amo quando as palavras vêm do coração não é simples, é preciso sentir isso verdadeiramente. 
Da boca pode vir qualquer tipo de palavra que muitas vezes não ecoa do ser, da boca às vezes as palavras são vazias. Quando vem do coração a palavra tem de combinar com a ação. Isso que eu aprendi: dizer eu te amo não é suficiente quando suas ações mostram o oposto.
Dizer eu te amo é fácil (da boca), dizer com o coração é mais difícil, mas quando se sente de verdade as palavras vêm e tocam nossa alma e sabemos que é verdadeiro.


Postar um comentário