domingo, 20 de julho de 2014

Amor de verdade é como a água: transparente, forte e sempre está no horizonte


É sobre o amor verdadeiro estes pensamentos. Você poderia mover o céu e a terra. Você poderia andar quilômetros e nunca parar de querer. O verdadeiro amor é quando você morreria por alguém, sem titubear. Hoje em dia é difícil acontecer ou sempre foi. 
As pessoas de um modo geral criticam os relacionamentos, são imediatistas, querem o sexo e não o romance. Querem o resultado e não a jornada. 

Mas há alguns loucos com coragem para amar até exaurir o coração. Eu quero crer que pertenço a essa classe de gente que acredita no amor, que vive e respira o amor, sempre.

 Existe um filme alternativo “In July” que em essência pode ser resumido na frase que a protagonista lança e que gostaria de ouvir:


Meu grande amor, viajei por quilômetros, atravessei rios e movi montanhas. Sofri e suportei agonias, resisti a tentações, segui o sol e por isso estou perante você, para dizer eu te amo.


Postar um comentário